A Descoberta das Bruxas / Sombra da Noite / O Livro da Vida – Deborah Harkness

  A primeira vez que eu vi esse livro, o que mais me atraiu nele foi a capa, mais para o meu azar eu estava passando por uma resseca onde eu não podia ver livros deste tipo na minha frente que eu torcia o nariz.
  
  A segunda vez que eu vi este livro, está lá eu viajando e de repente Bah, ele apareceu novamente, eu dei uma olhada, pensei, e decidi que ainda não estava interessado em ler o livro.

  Mais quando pela terceira vez este livro apareceu pra mim, eu não pude resistir ao destino eu tinha que ler ele, e eu garantir pra vocês que foi a melhor coisa que eu poderia ter feito.
  
  O primeiro livro da série, A descoberta da bruxa, aqui e onde nós começamos a conhecer a nossa personagem principal, Diana Bishop, uma bruxa que renega os seus dons, filha única de dois pais que possuíam uma grande quantidade de poder, ela acaba ficando órfã, seus pais morrem o que acaba fazendo que ela se negue a fazer uso da magia que tem.

  Anos se passam e nossa bruxa, agora já e uma mulher, na verdade uma professora avida por conhecimento, e é esse conhecimento que a coloca em risco, num determinado dia, na biblioteca da faculdade ela solicita um manuscrito, mais o que ela pensava ser um simples manuscrito, na verdade e um livro de magia que a muito tempo foi perdido, e que todas as criaturas estão dispostas a colocar as mãos sobre ele.
  
  E é com esse contato com o livro que a vida dela começa a mudar drasticamente, antes onde se era visto apenas algumas criaturas sobrenaturais agora elas já aparecem aos montes, a partir do momento em que Diana tocou o manuscrito, um tipo de sinal foi emitido, e esse sinal fez com que bruxas, vampiros, demônios soubessem que ela tinha pego o livro.

  Com toda a atenção que ela estava recebendo uma era a mais importante e perigosa de todas, um vampiro, na verdade era o vampiro, ele não queimava no sol, e nem muito menos brilhava em contato com a luz, Matthew Clairmont, tinha um interesse no livro, mais a partir do momento em que ele conhece a última das bruxas da família Bishop, os seus interesses mudam.

E nós podemos acompanhar isso melhor no segundo livro da série, Sombra da Noite, Matthew jamais poderia imaginar que iria se envolver com uma bruxa, e Diana Bishop, jamais imaginou que iria se envolver com um vampiro, na verdade se dependesse dela ela jamais iria sequer se envolver com a magia.


  Mas acaba que ela se envolve, e por nunca ter se interessado pelos assuntos que envolviam as criaturas sobrenaturais, Diana não sabia da congregação, uma instituição criada pelas criaturas sobrenaturais para protegerem uns aos outros, e uma das maneiras de se protegerem era impedindo que as criaturas mantivessem algum tipo de relacionamento entre elas, pois uma criatura chamava a atenção, mais duas era praticamente impossível de se não notar.

  Mais quando ela descobriu isso já era tarde demais, ela já estava envolvida com um vampiro, e por causa desse envolvimento muitas coisas perigosas poderiam acontecer, e a única maneira de isso não acontecer seria se ela conseguisse recuperar o manuscrito, e descobriu uma maneira de usar sua magia, para assim se proteger e proteger aqueles que ela ama.

  Mais isso não vai ser fácil, a única maneira de descobri um jeito de recuperar o livro, e de descobrir mais sobre os seus poderes, seria encontrada uma bruxa poderosa que a ensinasse, e o único lugar que ela poderia fazer isso seria no passado.
Sendo assim, e claro que ela embarca nesta jornada, junto com Matthew, ela viaja para o passado, exatamente o ano de 1591, onde ela encontrara quase todas as respostas que ela procura.

  Mas o desfecho da história foi o mais emocionante, em o Livro da Vida nos temos todas as respostas que nós precisávamos, Diana volta do passado e encontra as coisas muito diferentes de quando ela viajou, mais de uma coisa ela tem certeza, ela precisa recuperar o livro, somente assim, ela conseguira entender tudo a respeito dos seres sobrenaturais.

  Mais antes ela achava que existia apenas outras duas criaturas que estariam dispostas a fazer tudo para obter o manuscrito, mais não e bem assim, como se ele fosse uma fênix renascida das cinzas, um vampiro que todos achavam que estava morto volta, disposto a tudo para se vingar da família De Clairmont e conseguir obter o manuscrito.

  Muitas reviravoltas acontecem, os livros tem seus altos e baixos, alguns pontos fazem com que nós tenhamos que ler novamente para poder entender o que ela queria dizer, mais no geral a escrita da autora e uma coisa muito tranquila, tem algumas partes que parecem que nunca acabam, e outras que nós desejamos que nunca tenham um fim, a trilogia me surpreendeu muito, ela tem um pouco de tudo aquilo de que os leitores de fantasia gostam, mais sem exagerar e sem perder a noção, fazendo com que a história siga numa linha, que se torne agradável e ao mesmo tempo emocionante de ser lida.

  Enfim essa e uma ótima sugestão pra quem está afim de ler uma fantasia, que com certeza vai agradar aqueles, que como eu já leram e gostarem de Harry Potter, Crepúsculo, e mais uma pitada de outros livros.
  Se gostou não esquece de dizer aqui em baixo